Como e quando declarar empréstimos no Imposto de Renda

Não sabe como declarar empréstimo no Imposto de Renda? Veja aqui os passos necessários para colocar todos os dados na sua declaração!

Você sabe como declarar empréstimo no Imposto de Renda? Essa é uma declaração que todas as pessoas que contrataram esse serviço financeiro precisam enviar para o governo. Mas é preciso seguir algumas orientações. Confira aqui mais detalhes de como declarar empréstimo no Imposto de Renda!

como declarar empréstimo no Imposto de Renda
Os processos para declarar empréstimos pessoais e empréstimos com garantia possuem algumas diferenças (Fotos: bernardbodo/Adobe Stock)

O que é Imposto de Renda?

Antes de tudo, é preciso saber mais sobre o que é o Imposto de Renda. Esse tributo é cobrado, todos os anos, pelo Governo Federal sobre a renda que pessoas físicas e empresas ganharam no ano anterior.

Hoje, o imposto pode ser recolhido de várias formas diferentes. Uma das possibilidades é o “recolhimento na fonte”, ou seja, quando o tributo é descontado diretamente de seu salário/benefício.

Também há a necessidade dos contribuintes terem de enviar a Declaração do Imposto sobre a Renda das Pessoa Física (DIRPF). Nesse caso, a pessoa deve declarar todos os seus ganhos no ano anterior.

Além disso, é preciso cadastrar algumas despesas. Para fazer essa declaração, é preciso juntar todas as informações (rendimentos e gastos) e usar uma das ferramentas oferecidas pela Receita Federal.

Dentre as plataformas, é possível citar o “Programa Gerador da Declaração (PGD) da Declaração do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (DIRPF)”.

Nesses programas, a pessoa irá colocar todas as informações e fazer o envio da declaração. O governo irá fazer uma análise de todos os dados.

Já a restituição é feita quando o valor pago pela pessoa está acima do necessário. Caso contrário, o cidadão que irá precisa fazer o pagamento.

Um ponto importante é que o tributo não é aplicado a todas as pessoas. Em 2024, um dos requisitos é ter uma renda maior que R$ 30.639,90. Aqui, as pessoas jurídicas também precisam fazer o pagamento.

Preciso declarar meus empréstimos no Imposto de renda?

O empréstimo é uma modalidade de crédito bastante conhecida e que pode ser útil para quem precisa de um dinheiro mais urgente. Aqui, o devedor pode utilizar o crédito solicitado da forma que quiser.

Foto: sidneydealmeida/Adobe Stock

No entanto, é preciso pagar as mensalidades (com juros) corretamente. No Brasil, é possível encontrar os mais diversos tipos de empréstimos (empréstimo pessoal, empréstimo com garantia e entre outros).

Os contribuintes que pediram um empréstimo, cujo valor seja maior que R$ 5 mil, precisam, sim, declará-lo no Imposto de Renda. Essa é uma regra válida para todos os tipos e outras modalidades de crédito.

Nesse caso, é possível citar os cartões de crédito. Aqui, não importa se a pessoa pediu um empréstimo em uma instituição financeira/com outra pessoa ou se a mesma emprestou dinheiro para alguém.

Passo a passo de como declarar empréstimo no Imposto de renda

Muitas pessoas possuem dúvidas de como declarar empréstimo no Imposto de Renda. Primeiramente, esse é um processo que pode ser considerado prático, visto que é possível realizá-lo sem sair de casa.

como declarar empréstimo no Imposto de Renda
Captura de tela do Programa Gerador da Declaração (PGD) da Declaração do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (DIRPF)

Um software que pode ser usado aqui é o “Programa Gerador da Declaração (PGD) da Declaração do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (DIRPF)”, disponível no site da Receita Federal.

No caso, você poderá usá-lo em seu computador pessoal. Também é possível baixá-lo em um notebook também. Veja abaixo um passo a passo de como declarar seu empréstimo usando o PGD:

  • Abra o “Programa Gerador da Declaração (PGD) da Declaração do Imposto sobre a Renda das Pessoas Físicas (DIRPF)” e entre na sua declaração;
  • No menu localizado à esquerda, escolha a opção “Dívidas e Ônus Reais”;
  • Clique no botão “Novo” (localizado na parte inferior da tela);
  • Informe o “Código” (esse é o código que representa quem que te concedeu o empréstimo);
  • Informe mais detalhes sobre a operação na área “Discriminação”;
  • Em “Situação”, é preciso colocar, respectivamente, o saldo devedor nas datas especificadas pelo sistema;
  • Coloque o valor que você gastou com o empréstimo durante o ano anterior (no caso do IRPF de 2024, o valor total pago em 2023).

Empréstimos com garantia

Já o processo para declarar empréstimos com garantia (de carro, de imóvel ou de outro bem) é um pouco diferente. Nesse caso, é preciso, no menu localizado à esquerda, selecionar “Bens e Direitos”.

como declarar empréstimo no Imposto de Renda
Foto: Jirapong/Adobe Stock

Depois, é preciso escolher a opção “Novo”. Aqui, a primeira ação consiste em escolher o código do bem. Outro ponto importante é explicar, em “Discriminação”, que se trata de um crédito com garantia.

Nessa tela, ainda serão pedidas algumas informações sobre o bem deixado como garantia. Já na área de “Situação”, a pessoa precisa colocar o valor do empréstimo que você pagou até o período citado.

Como declarar um empréstimo entre duas pessoas físicas?

Ver pessoas físicas emprestando dinheiro para outras pessoas físicas é algo comum. No entanto, é preciso lembrar que essa transação também precisa estar descrita na declaração.

Essa é uma ação que ambas as partes precisam fazer. Para declarar esse empréstimo, a pessoa que está emprestando o dinheiro precisa usar a ficha “Bens e Direitos”.

Na sequência, é só escolher o código “Créditos” (número 05) e a categoria “Empréstimos concedidos” (número 01). Ainda será preciso informar os dados de ambas as partes envolvidas e entre outros detalhes.

Ter um informe de rendimentos pode te ajudar na hora de declarar um empréstimo

Para enviar a Declaração do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (a DIRPF), as pessoas elegíveis precisam ter em mãos todas as informações sobre seus ganhos e despesas que são tributáveis.

Isso significa que a mesma precisa fazer contas, juntar extratos bancários e pegar outros documentos que mostrem suas movimentações financeiras. O mesmo vale para quem precisa declarar um empréstimo.

Um documento que pode ajudar aqui é o informe de rendimentos, que pode trazer diversas informações sobre os produtos que você contratou em uma instituição financeira.

O nome do informe e o processo de solicitação do mesmo podem variar de empresa para empresa. A recomendação é solicitar esses dados da forma mais rápida para inserir as informações corretamente.

Prazo de pagamento do Imposto de Renda e dicas para não ter problemas

Depois de saber como declarar empréstimo no Imposto de Renda, chegou a hora de saber o prazo para enviar a declaração. O Imposto de Renda 2024 precisa ser enviado até o dia 31 de maio de 2024.

A data de início pode mudar de acordo com o ano. Em casos de atraso ou de não envio, o cliente pode levar multas, ter que passar pela fase conhecida como “Malha Fina” e enfrentar outras punições.

Foto: Krakenimages.com/Adobe Stock

Por isso, se organize e não deixe a entrega dessa declaração para a última hora. Conferir todas as informações passadas também pode te ajudar a não ter problemas.

No caso dos empréstimos, a pessoa precisa verificar todos os valores passados e informar todos os detalhes (se você antecipou parcelas, por exemplo). Por fim, veja se todas as informações foram salvas.

Pedro Giordan
Escrito por

Pedro Giordan

0

Por favor, aguarde!
Carregando seu empréstimo…