Golpe do cartão de crédito: o que fazer se acontecer e como evitar?

Descubra aqui o que fazer caso você seja uma vítima de um golpe do cartão de crédito. Veja ainda algumas recomendações importantes!

Caiu em um golpe do cartão de crédito? Essa é uma situação que pode acontecer com as pessoas que utilizam essa ferramenta. Já a solução do problema pode envolver a identificação do que aconteceu e entre outros passos. Confira aqui o que fazer em casos de golpe do cartão de crédito e como evitá-los!

golpe do cartão de crédito
A pessoa que possui um cartão de crédito precisa estar atenta para não ser vítima de um golpe (Foto: Kawee/Adobe Stock)

O que é golpe do cartão de crédito?

Você utiliza um cartão de crédito? Essa modalidade de crédito está presente no Brasil há bastante tempo. Diversos estabelecimentos permitem que seus clientes usem tal ferramenta para pagar suas compras.

Um dos atributos dessa forma de pagamento é que o cliente pode, dependendo da loja e do valor, parcelar a compra em várias vezes. A mesma pode servir para dar um alívio em suas finanças.

Há ainda as pessoas que preferem usar o cartão para não sair de casa com dinheiro em espécie guardado na carteira. Um cartão de crédito possui vários mecanismos que tornam as transações mais seguras.

Destaque para o chip do cartão e o CVV. Mesmo assim, muitos clientes acabam sendo vítimas de golpes e fraudes. Aqui, o objetivo de quem aplica o golpe é ter acesso aos dados de quem possui um cartão.

Com isso, essa mesma pessoa pode usar o cartão de crédito. Hoje, é preciso estar atento aos vários tipos de golpes existentes.

Saber identificá-los pode ser importante para começar resolver o problema. Esse processo ainda pode envolver a conversa com a instituição financeira e, em alguns casos, o pedido de reembolso.

Quais são os tipos de golpes do cartão de crédito mais usados?

Como foi dito acima, existem vários golpes do cartão de crédito. Cada um deles possuem suas próprias características. Os mesmos ainda mostram que o cliente precisa ter bastante cuidado na hora da compra.

Duas técnicas usadas por golpistas são o phishing e o skimming. No primeiro caso, o golpista tenta fazer com que o cliente realize o repasse de dados pessoais e de um cartão sem o mesmo (o cliente) saber.

Para isso, são feitas ligações para a vítima (fingindo ser um banco ou outra empresa). Esse golpe também pode acontecer quando o golpista faz o envio de mensagens (via e-mail, SMS ou redes sociais).

golpe do cartão de crédito
Foto: smolaw11/Adobe Stock

Agora, o segundo pode ocorrer em transações presenciais. Isso porque a pessoa que está dando o golpe irá usar ferramentas fraudulentas instaladas em maquininhas de cartão ou caixas de autoatendimento.

Com esses dispositivos, a pessoa pode acessar os dados do cartão quando o consumidor passar/inserir o cartão. A mesma palavra pode ser usada para a chance do golpista gravar a senha do cliente.

Essas são duas das técnicas de clonagem de cartão. Aqui, quem pratica os golpes clona as informações de um cartão de crédito de um cliente para fazer outros cartões e usá-los para comprar produtos.

Casos de furtos/roubos de cartões de crédito e outros golpes

Mas esses não são os únicos golpes que os donos de cartões de crédito precisam estar atentos. Os furtos/roubos de cartão de crédito também podem acontecer, por exemplo.

Nesse caso, é recomendado guardar bem o cartão e só pegá-lo na hora de pagar uma compra. Também é preciso se preocupar com o site onde a compra está sendo feita e com os terminais de pagamento.

Desconfie de lojas virtuais com reputação baixa e de preços abaixo da tabela. O mesmo é válido para maquininhas que não estão bem conservada ou que não te permite ver as informações da tela.

Caí em um golpe do cartão de crédito: o que fazer agora?

Acabou caindo em um golpe do cartão de crédito? Hoje, os golpistas usam de vários mecanismos para tentar enganar os consumidores e, com isso, conseguir clonar esse meio de pagamento.

Foto: Wayhome Studio/Adobe Stock

Primeiramente, é preciso ter calma para resolver esse problema. Já o primeiro passo para resolver esse problema é entrar em contato com a instituição financeira responsável com o cartão.

Nesse momento, você poderá informar tudo o que está acontecendo e bloquear o cartão. Ao mesmo tempo, é importante verificar e documentar todas as transações que estão sendo feitas em seu nome.

Todos os detalhes são importantes. Além disso, trocar as senhas de outros cartões, de aplicativos de banco e do Internet Banking também pode ser algo útil para evitar novos golpes.

Outra recomendação é fazer, na sequência, um boletim de ocorrência (B.O.) pela internet ou de forma presencial. Lembre-se que há escritórios de advocacia que podem te ajudar na resolução do problema.

Posso fazer a contestação e pedir o estorno?

Quando uma pessoa desiste de uma compra, a mesma pode pedir o reembolso total ou parcial do valor utilizado na transação. Esse é um direito que está no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Mas e em casos de golpes que envolvem o uso de cartões de crédito? A vítima pode, sim, fazer a contestação da compra e pedir o estorno do valor.

Cada instituição financeira possui um processo diferente para realizar tais ações. Aqui, ter os documentos relacionados aos problemas é importante para realizar a negociação.

Dicas para evitar golpes relacionados ao cartão de crédito

Ter um cartão de crédito pode ser bastante útil para quem deseja ter mais praticidade na hora de fazer suas compras. Mas é preciso tomar alguns cuidados para não cair em golpes e ter seu cartão clonado.

Uma dica importante é nunca informar seus dados para outra pessoa. Além disso, para evitar esse problema, é necessário desconfiar de e-mails falsos e empresas que ligam de números desconhecidos.

Foto: tonefotografia/Adobe Stock

Do mesmo modo, verifique se o site que você está acessando possui o endereço correto e informações corretas sobre a empresa. O uso do cartão virtual também é bastante recomendado.

Nos casos de compras presenciais, confira o estado da maquininha de cartão e todos os dados da compra na hora. Por fim, não deixe que outra pessoa use o seu cartão e desconfie do preço do produto.

Pedro Giordan
Escrito por

Pedro Giordan

0

Por favor, aguarde!
Carregando seu cartão…